14 março 2013

Último adeus.

"Caro pai, não vou estar entre vocês quando você ler essa carta, mas quero que você saiba que eu o amo e sempre irei te amar independente de onde eu esteja. Não estava mais aguentando a situação qual eu estava vivendo, espero que você não fique muito chateado, tá bom? Semana passada eu o ouvi conversando com a mamãe e percebi o quanto eu estava atrapalhando a vida de vocês, talvez as coisas vão melhorar para vocês agora que eu não estou mais entre vocês, minha mãe nunca disse que me amava, acho que ela não gostava de mim, não é? Eu sinto isso, sinto ela me tratar diferente, e desculpa mais uma vez Papai, eu sei que você me ama porque você me dizia sempre, sei também que recentemente sua irmã faleceu e que você ainda chora, mas olha só Papai, eu não quero que você chore por mim, está bem? Sei que é difícil, mas eu estou em um lugar melhor agora, ta? Aqui é lindo e calmo, meus lindos cachinhos pretos estão maiores, como eu queria, lembra? E a roupinha que botaram em mim é linda, é toda branca com detalhes lilás, as minhas cores prediletas Papai, eu estou parecendo um anjinho, acho que Deus me trouxe aqui para eu ser o anjo dele. Olha só papai, me perdoa ta bom? Sei que vai doer um pouco me perder, mas quero que você seja forte, e cuide da mamãe, do meu irmão e dos meus cachorrinhos, me promete? Confie em mim, eu agora estou bem, estou em paz e espero que você fique em paz também, está bem? Me perdoa e toda vez que você olhar para o céu lembre-se de mim, lembre-se do quanto eu te amo.''

Adeus
Com amor
Sua filhinha.

2 comentários:

  1. É um suicídio? Uma atitude um pouco egoísta pra se falar tanto em amor, problemas e constrangimentos são parte da vida não podemos assim achar que temos o direito de tirar a vida por causa disso, com certeza ela não virou anjo pois não era a hora dela.

    ResponderExcluir